Como deve ser a composição de suplementos pré-treino?

A prática de atividade física moderada teve um aumento expressivo nos últimos anos, que subiu de 30,3% em 2003, para 39,0% em 2019, ou seja, cerca de 8,7%, segundo dados da pesquisa Vigitel (2019), conduzida pelo Ministério da Saúde. Junto a essa mudança de hábito, a busca por recursos ergogênicos a fim de potencializar os resultados, seja na performance esportiva, ou na definição corporal, também cresceu expressivamente.

O que são recursos ergogênicos?

Componentes nutricionais usados para impulsionar as adaptações fisiológicas ao exercício e para aumentar a motivação no treino e maximizar os resultados de desempenho. Nesta perspectiva, a suplementação pré-treino com vários ingredientes (MIPS) parece oferecer a melhora no rendimento durante exercícios intermitentes de alta intensidade (Figueiredo et al., 2020). Uma meta-análise de 35 estudos concluiu que combinar ingredientes ergogênicos  com treinamento de resistência é uma estratégia eficaz para induzir maiores ganhos de massa livre de gordura e força muscular (O’Bryan et al., 2020).

O que buscar na composição de suplementos pré-treino?

Arginina

A arginina (L-arginina) é um aminoácido condicionalmente essencial envolvido em vários processos biológicos, incluindo a biossíntese de proteínas, a resposta imune e produção de óxido nítrico, um potente vasodilatador. A suplementação de L-arginina parece aumentar a perfusão sanguínea e, consequentemente, a chegada de nutrientes e oxigênio nos músculos, aumentando assim, o desempenho muscular durante os exercícios (Gambardella et al., 2020).

L-alanina

A carnosina (β-alanil-L-histidina) é um composto abundante no músculo esquelético e parece desempenhar um papel importante durante o exercício, bem como retardar o início da fadiga neuromuscular. A suplementação de β-alanina pode aumentar o conteúdo de carnosina muscular, melhorando a capacidade e o desempenho em exercícios de alta intensidade. No geral, a suplementação de β-alanina pode ser uma intervenção útil para favorecer a prevenção ou diminuição da fadiga física (Milioni et al., 2019).

Cafeína

A cafeína é um ingrediente que sempre está sempre presente nos MIPS devido aos seus efeitos ergogênicos agudos potentes. Foi demonstrado de forma robusta que a cafeína influencia positivamente na fadiga central e na resistência muscular por seu efeito direto no fornecimento de energia anaeróbica muscular e sua capacidade de aumentar a contratilidade do músculo (Maughan et al., 2018). Ela, ainda, atua como um antagonista do receptor de adenosina e melhora agudamente a cognição, bem como o desempenho durante exercícios de resistência, potência e resistência, quando consumida em dosagens entre 3 e 6 mg / kg de peso corporal (Pickering et al., 2019)

Taurina

Existem evidências científicas que a taurina proporciona efeito termorregulador quando utilizada 2 horas antes do treinamento ou competição, por isso, é um ingrediente comum em suplementos pré-treino de vários ingredientes. Um estudo mostrou que a sua suplementação foi associada a maior capacidade de resistência muscular durante exercícios de resistência, além de aumentar a reposição de glicogênio na fase de recuperação pós-exercício (Page et al., 2019)

Veja uma opção inovadora e premiada para o pré-treino!

O suplemento premiado C4 Black Beta Pump – Crazy Mango da New Millen possui uma fórmula altamente concentrada, com compostos naturais que atuam como recursos ergogênicos eficientes, incluindo a cafeína taurina, alanina, arginina. Possui, também, um conteúdo de vitaminas e minerais necessários para melhorar a performance, aumentar a vasodilatação e potencializar a oferta de energia.

REFERENCIAS

HARTY PS, Zabriskie HA, Erickson JL, Molling PE, Kerksick CM, Jagim AR. Suplementos pré-treino com vários ingredientes, implicações de segurança e resultados de desempenho: uma breve revisão. J Int Soc Sports Nutr., v. 15, n. 1, 2018.

MAUGHAN RJ, Burke LM, Dvorak J, Larson-Meyer DE, Peeling P, Phillips SM, et al. Declaração de consenso do COI: suplementos dietéticos e o atleta de alto desempenho. Br J Sports Med., v. 52, n. 7, p. 439-55, 2018.

PICKERING C, Grgic J. Cafeína e exercício: o que vem a seguir? Sports Med., v. 49, n. 7, p. 1007-30, 2019

O’BRYAN KR, Doering TM, Morton RW, Coffey VG, Phillips SM, Cox GR Os suplementos de proteína com vários ingredientes aumentam os ganhos induzidos pelo treinamento de resistência na massa e força do músculo esquelético? Uma revisão sistemática e meta-análise de 35 estudos. Br. J. Sports Med., v. 57,  p. 573-581, 2020.

MILIONI F, de Poli RAB, Saunders B, Gualano B, da Rocha AL, Sanchez Ramos da Silva A, Muller PTG, Zagatto AM. Effect of β-alanine supplementation during high-intensity interval training on repeated sprint ability performance and neuromuscular fatigue. J Appl Physiol., v. 127, n. 6, p. 1599-1640, dec. 2019.

PAGE LK, Jeffries O, Waldron M. Acute taurine supplementation enhances thermoregulation and endurance cycling performance in the heat. Eur J Sport Sci., v. 19, n. 8, p. 1101-1109, sep. 2019.

KHONDKAR, W., Morelli, MB, Wang, X., Santulli, G., & Trimarco, V. Arginina e função endotelial. Biomedicines, v. 8, n. 277, 2020. Disponível em: <https://doi.org/10.3390/biomedicines8080277> Acesso em 22 jul. 2020.

COMPARTILHAR
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Copyright © 2021 New Millen
Desenvolvido por E4 Agência

Endereço: Av. Dr. José Luís Leme Maciel, 327 Cajamar
São Paulo | CEP 07786-450
Telefone : +55 11 4447-2220
Email : contato@newmillen.com.br

Nosso site utiliza cookies que são úteis para ver como você interage com as páginas e os elementos do site. Com isto, podemos aprimorar nosso conteúdo e deixa-lo sempre mais atraente e interessante. Ao aceitar, você concorda com o uso de cookies. Política de Privacidade